08 Set 2019

Generic placeholder image

Algumas pessoas confundem habilidades físicas e mentais, adquiridas com exercícios repetitivos ou privilegiados pela boa genética, com dons espirituais. Já ouviu alguém dizer de um jogador de futebol: “Esse nasceu com esse dom de Deus!”??? Os dons espirituais são concedidos por Deus, através de Seu espírito, visando o aperfeiçoamento da obra na igreja de Cristo (Ef 4.12). Não há qualquer menção na Bíblia que alguém tenha recebido um dom para seu benefício próprio e aplicado no âmbito secular. Os dons são concedidos aos convertidos em nova criatura espiritual, por ocasião do batismo (At 2.38). Através do batismo com o espírito santo (At 1.5), distribuído a cada um, segundo a vontade de Deus (Hb 2.4), conforme a necessidade da igreja  (1Co 12.7) e na abundâncias das riquezas espirituais de Deus em Cristo (Fp 4.19). Os dons podem ser de uma grande diversidade e incontáveis, mas o espírito santo é o mesmo do Pai e de Cristo (1Co 12.4). O espírito de Cristo, que é a cabeça do corpo (igreja) é quem comanda todos os órgãos e membros do corpo vivo e espiritual, distribuindo os dons para o perfeito funcionamento. Diante destas verdades sobre os dons espirituais, fica mais fácil compreender que os dons de Deus são irrevogáveis. Ou seja, depois de dar ao homem, ELE não revoga (não toma de volta, anula ou cancela). Deus não muda ou volta atrás (Ml 3.6 e Tg 1.17). Se o homem, uma vez chamado, desiste do caminho de Cristo, foi ele quem revogou a sua decisão e não Deus que os deu com amor. Deus seja louvado! Amém.