15 Mai 2019

Generic placeholder image

A vida cristã é um caminho reto, estreito e acidentado. Aqui e acolá aparecem outros caminhos às margens direita e esquerda. Esses caminhos propõe mudança de rota e parecem mais interessantes, atraentes e seguros, mas não passam de enganos. Nesse caminho, também, alguns cansam, outros desistem e retornam... Os servos de Cristo, perseverantes, permanecerão no caminho, sem se desviar para direita (ortodoxismo) ou para esquerda (liberalismo), e verão muitos desistirem da fé; outros descansarem no Senhor, por ocasião da morte; outros iludidos por novos caminhos ou supostas "novas verdades" ou "novos evangelhos", abandonarem o caminho que é Cristo e o Seu evangelho verdadeiro. Nos dias do apóstolo Paulo, quando homens poderosos e inspirados pelo espírito santo de Cristo pregavam e ensinavam a verdade com poder, tiveram que enfrentar muitos enganos. Escrevendo aos irmãos da Galáxia, Paulo, questiona alguns irmãos porque haviam deixado o caminho do Senhor tão depressa, após ouvir ventos de doutrinas. Parece que Paulo está falando para o povo do presente. Todos os dias surgem ventos de doutrinas como "novas verdades" e são muitos os que se movem facilmente, e com velocidade para seguir esses novos caminhos. São perturbados pelo excesso de informações e vãs filosofias, mas não param para escutar o evangelho simples de Cristo. Leem sobre tudo, mas não examinas as palavras de Cristo. Se o caminho é Cristo, não deveríamos ouvi-Lo mais? Deus seja louvado! Amém.