Pão matinal (30 Jul 2020)

Generic placeholder image

O SENHOR QUE HONRA O SERVO

Qual a grande diferença entre ser um professo cristão e ser um cristão que serve a Cristo?

A resposta é juvenil, mas muita gente precisa reaprender essa grande verdade. A diferença estar no serviço. O professo cristão quer ser servido. Ele vai a igreja em busca de pão e peixe, somente. Ele busca riquezas, poder, fama e bem-estar da parte do Senhor. O cristão genuíno, verdadeiro servo de Cristo, tem no servir ao Senhor o seu prazer, pois entende a honra pela responsabilidade depositada em seus ombros.

Jesus Cristo, o Filho de Deus, não veio para ser servido, mas para servir (Mc 10.45). Eis o exemplo a ser imitado por todo servo fiel. Quando Cristo diz: “Siga-me!”, está dizendo: “Sirva como eu servi; viva como eu vivi; Faça como eu fiz; Pregue como eu preguei; Ensine como eu ensinei…”

Os verdadeiros servos de Cristo, servem somente a Ele. Não servem aos homens que não servem a Cristo, mesmo que esses sejam líderes religiosos, pois todos os líderes precisam, também, estar debaixo das ordens do mesmo Senhor (João 10.5 e 14).

Os servos de Cristo sabem que não há senhor como Ele. Nenhum senhor honra seus servos como honra o Senhor Jesus Cristo aos que o servem. Somente Cristo leva seus servos em Sua companhia para onde vai. Ele é o único que:

1. Se senta no trono com o Pai e leva seus servos a sentarem-se com Ele no Seu trono, também (Ap 3.21);

2. Pronuncia o nome do servo diante do Pai e diante de uma multidão incontável de anjos magníficos (Ap 3.5);

3. Dar seu próprio nome (sobrenome) ao Seu servo fiel (Ap 3.12).

Poderíamos enumerar muitas outras honras que Cristo faz e fará por Seus servos, mas estas três dão a real dimensão do quanto Ele sabe e quer nos honrar pelo poder do Pai, o Todo-Poderoso.

Hoje, é necessário refletir com sinceridade de coração: O que vale mais? Servir as instituições religiosas, deterioradas pela corrupção, para recebermos as honras dos seus líderes ou Servir a Cristo e receber as honras eternas do Pai e do Filho, nas cortes celestiais?

Deus e Cristo sejam louvados! Amém.