09 Abr 2019

Generic placeholder image

"Sorria, você está sendo filmado!" assim dizia uma inscrição numa plaquinha na entrada de uma loja. Ela foi colocada ali para inibir a ação de assaltantes, mas não estava adiantando muito, pois o estabelecimento comercial já havia sido assaltado 10 vezes após a colocação do aviso das câmeras. Os assaltantes não eram analfabetos, é que eles não temem mais serem punidos peja justiça dos homens, no presente, como poderão temer a justiça de Deus no futuro? Antes os ladrões escondiam os rostos com máscaras e atuavam na escuridão da noite para não serem descobertos. Hoje não escondem mais o rosto e agem ao meio dia. Essa evolução (seria lógico dizer involução) de pensamento e atitudes não ocorrem só com aqueles que estão à margem da lei (marginais), mas com o povo ordeiro e até com os professos cristãos. Muitos agem como se Deus não os vissem quando aceleram seus passos para o pecado e a maldade (Pv 1.16). Deus não vê apenas os passos dos criminosos, mas enxerga também aqueles que se dizem Seu povo. Deus vê muito além das ações do homem, como vê uma câmera de vídeo, Ele é capaz de saber as intenções dos corações, antes mesmo delas se transformarem em ações (Sl 139.4,23). Deus examina cada passo de todos os homens, bons ou maus. Ninguém foge do Seu alcance, mesmo que esteja na escuridão, no silêncio ou inativo. Deus é um "sentinela" que não cochila, sempre atento para livrar e salvar, mas se o homem usa do seu livre arbítrio para fazer o mal, Deus também "Se lembrará" e aplicará Sua justiça. Não só no futuro (juízo), mas aqui também. Deus seja louvado! Amém.