13 Dez 2018

Generic placeholder image

A partícula condicional "se" está presente em toda a Bíblia. Algumas vezes de forma implícita e outras explicitamente. Um destes exemplos se encontra no livro de I Reis 3.14, quando o SENHOR diz que "se" Salomão andasse nos Seus caminhos, guardando os Seus estatutos e mandamentos, à exemplo de seu pai Davi, teria os seus dias de vida prolongado. Deus fez aliança com Seu povo através de seus líderes, escolhido por eles mesmos, "se" eles andassem nos caminhos do SENHOR, de Sua Palavra, seriam abençoados e protegidos. Uma aliança é composta de partes. Nesse caso, duas partes: de um lado o SENHOR e do outro o Seu povo. Cada parte precisa cumprir Seus deveres para ter seus direitos atendidos. O SENHOR sempre cumpriu aquilo que foi estabelecido, mas a outra parte só reclamava os direitos sem cumprir com os seus deveres. Na nova aliança reescrita por Cristo, enviado do Pai, contém a mesma condicionalidade: para sermos participantes de Cristo - co-herdeiro com Ele em todas as heranças de Deus, é necessário que façamos a nossa parte, perseverando no "princípio" de nossa confiança até o fim, sem desistir da graça que nos foi dada pelo sangue de Cristo derramado no Calvário. Deus seja louvado! Amém.