Pão Matinal (22 Jul 21)

Generic placeholder image

ESPERAR NO SENHOR

Não é fácil esperar. A espera, na maioria das pessoas, provoca o pior dos sentimentos que as pessoas podem ter – a ansiedade. A ansiedade provoca todo tipo de doença por todo o corpo. Cristo disse: “Não andeis ansiosos pelo dia de amanhã” (Mt 6.25). Já o ex-ansioso Pedro nos aconselha: “Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós” (1Pd 5.7).

Esperar cansa, dói, incomoda…, mas é necessário para o aprendizado. Se aprendermos a esperar no Senhor, jamais a nossa fé superará as provas que estão por vir.

Esperar no Senhor resultou em grandes vitórias para os patriarcas e profetas da fé. Davi, depois de se precipitar algumas vezes, depois de aprender a lição, nos exorta a esperarmos no Senhor (Sl 37.34).

Esperar com confiança gera esperança. A esperança é a confiança que cresce em nós através da graça de Deus, nos dada gradativamente aos que escolheram perseverar.

Não é sem razão que o escritor do salmo 125, diz: “Os que confiam no Senhor serão como o monte de Sião, que não se abala, mas permanece para sempre” (Sl 125.1).

Quem espera no Senhor, espera que seja alcançado por Sua misericórdia. É a misericórdia do Senhor a verdadeira razão de não sermos consumidos (Lm 3.22). O Senhor sempre chega com Sua providência e está é a prova de estarmos aqui ainda.

No tempo da angústia, quando os dias demoram a passar e a provação parece interminável, a cada manhã parece que vai ser mais difícil.

Todavia, quando confiamos no Senhor, o Seu braço forte é quem nos levante e por Seu espírito de poder somos consolados e encontramos ânimo para lutar e vencer.

A força que vem da parte do Senhor é o poder que faz com que não desistamos. A palavra desistir não se acomoda naquele que espera confiante do Senhor.

Por fim, o Senhor sempre aparece, no tempo certo, trazendo a salvação. Porque Ele é bom e a sua misericórdia dura para sempre (Sl 106.1).

Deus e Cristo Jesus sejam louvados! Amém.