Pão Matinal (23 Jun 22)

Generic placeholder image

UM SÓ DEUS E PAI

A singularidade e unicidade do Pai, o único Deus, é claramente ensinada nas Santas Escrituras. Esta verdade é enfatizada ao longo de toda a Bíblia.

As primeiras palavras escritas, entre todas, pelo dedo de Deus, diz assim:

“Eu Sou Yahweh, o SENHOR, teu Deus, que te fez sair da terra do Egito, da casa da escravidão! Não terás outros deuses além de mim” (Ex 20.2-3).

Yahweh é o nome do Pai. Jesus Cristo, o Filho, é chamado de Yeshua.

Em síntese, as primeiras palavras escritas “pelo dedo de Deus” são: “Não terás outros deuses diante de Yahweh, o Pai”. Está claramente anunciado para todas as línguas que Yahweh, o Pai, é a única pessoa em todo o universo que é Deus, de fato e de verdade.

Esse primeiro mandamento não era apenas uma mensagem contra o politeísmo defendido pelas nações vizinhas de Israel, e pela maioria das igrejas cristãs da atualidade, mas para que o professo povo de Deus buscasse entender a pessoa do Pai.

Nos dias do profeta Isaías, Yahweh tenta chamar Seu povo a racionalidade, perguntando e afirmando:

1. “Acaso há outro Deus além de MIM?” (Is 44.8);

2. “Pois não há outro Deus senão EU” (Is 45.21 e 22);

3. “Que eu sou Deus, e não há outro; eu sou Deus, e não há outro semelhante a MIM” (Is 46.9);

4. “Eu sou o Senhor, e não há outro; fora de mim não há Deus; eu te cinjo, AINDA QUE TU NÃO ME CONHEÇAS” (Is 45.5, 6 e 18);

5. “Antes de mim Deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.” (Is 43.10).

O povo de Israel, teimoso e obstinado, insistia em querer servir ao SENHOR, o Deus único, o Todo-Poderoso, com o coração dividido, como as nações pagãs faziam. Eles serviam e adorava seus falsos deuses: cegos, surdos e mundos, completamente inoperantes e que nada podiam fazer pelos seus cegos adoradores.

O professo povo de Deus, em sua maioria, serviam ao Deus único de qualquer forma, do jeito deles e não segundo a vontade do SENHOR, estabelecida em Sua Palavra. O professo povo de Deus não amava e nem ama as regras estabelecidas pelo próprio Deus.

Yahweh, o Deus único, não aceita qualquer tipo de adoração ou serviço que venham de corações divididos. ELE é ímpar, exclusivo e nos trata com total exclusividade, por isso a adoração e serviços à ELE devem ser santos e exclusivos.

Cristo nos revelou que Deus não era apenas o Seu Pai, mas o Pai de todos nós (João 20.17); Que não era apenas o Seu Deus, mas o Deus de todos nós (2Co 1.3; Rm 15.6; Ef 1.3; 1Pd 1.3).

Jesus nos revelou a pessoa mais poderosa de todo o universo – Yahweh, o único Deus e Pai. O Deus e Pai de Jesus Cristo, e nosso também. Eu e você temos um Deus e um Pai amoroso que quer sempre o nosso bem, acredite nisso.

Deus e Cristo Jesus sejam louvados! Amém.