Pão Matinal (25 Jan 22)

Generic placeholder image

ESPADA CONTRA ESPADA

Você já recebeu um grande livramento que te livrou da morte? A maioria das pessoas que lerem esta reflexão, dirá que sim, pois se recordará de situações em que a mão de Deus o livrou da morte.

Muitos são os motivos que ameaçam a vida das pessoas: Violência urbana (trânsito e assaltos); Influência para uma vida de crimes (Drogas e roubos); Prostituição (DST – Doenças Sexualmente Transmissíveis); No âmbito da Saúde Pública (Vírus, bactérias); […]

Perceba que está vivo diante de tantas ameaças é uma dádiva de Deus. Sua misericórdia é um verdadeiro muro de proteção onde todos são beneficiados.

Pela boca do profeta Jeremias, o Senhor fala ao Remanescente do Seu professo povo, que O havia abandonado e se abraçado com a apostasia, que não permanecesse em Jerusalém. Todos eles que receberam o livramento da espada de Nabucodonosor deveriam fugir, pois permanecer sob o domínio de Babilônia era morte certa.

Todavia, ao fugir para as terras mais humildes para reconstruir as suas vidas, não esquecessem da Jerusalém como o símbolo da morada de um povo santo; símbolo da comunhão e união de um povo único; símbolo da perseverança e resistência aos dominadores do mundo de trevas; […]

Foram poucos os que conseguiram escapar desse terrível mal chamado Babilônia. A nação dos Caldeus tanta destruíram com a espada de ferro, literalmente, como com a espada da “língua” (costumes e doutrinas politeístas), pois mantiveram o povo de Deus sob essa servidão cultural, à semelhança do que ocorre hoje.

O professo povo de Deus nem tenta escapar da servidão Babilônica atual. Muitos gritam: “Saiam de Babilônia!”, parafraseando Apocalipse 14.8, sem perceber que eles também estão bebendo no mesmo cálice.

Essa é uma guerra de espada contra espada. A espada de Babilônia só pode ser derrotada pela espada que sai da boca de Cristo (Ap 1.16), que é como um bisturi afiado, capaz de separar a medula das vertebras, como é separado o homem espiritual do carnal.

“Pois a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais afiada que qualquer espada de dois gumes; ela penetra ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e julga os pensamentos e intenções do coração.” (Hb 4.12)

Deus e Cristo Jesus sejam louvados! Amém.